VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Translate

17 de nov de 2016

Penso logo existo ou existo porque fui criado???

Graça e Paz meus amados!!!

             Já faz um tempo desde minha última postagem, agora voltando com todo vapor e unção hein!!!

             Gostaria de abordar um tema um tanto quanto chato, algo que minha amada filha enfrentou na escola no 2º ano com um professor de filosofia. O querido professor chegou a alegar que os animais não existem porque eles não pensam... Minha filha ficou chocada com a afirmação do professor, chegou em casa indignado dizendo:
 - Pai como pode ser uma afirmação dessas? Logo a Jully ( nossa cachorrinha ) não existe?
             Fui explicar que é uma afirmativa de um filósofo que encontrou uma forma de tornar irrefutável a sua existência... Não sei o porque ele duvidava que existia. 
             Abaixo segue matéria sobre René Descartes o tal filósofo francês...

O que significa a frase Penso, logo existo:

“Penso, logo existo” é uma frase icônica dita pelo filósofo francês René Descartes, que marcou a visão do movimento Iluminista, colocando a razão humana como única forma de existência.
René Descartes
René Descartes (1596 – 1650), considerado o fundador da filosofia moderna, chegou a conclusão desta célebre frase enquanto buscava traçar uma metodologia para definir o que seria o “verdadeiro conhecimento”.
O filósofo e matemático desejava obter o conhecimento absoluto, irrefutável e inquestionável.
Mesmo tendo frequentado as melhores universidades da Europa, Descartes achava que não tinha aprendido nada de substancial (com exceção da matemática) em seus estudos.
Todas as teorias científicas acabavam por ser refutáveis e substituídas por outras, não havia nenhuma certeza verdadeira além da dúvida. Descartes, então, passou a duvidar de tudo, inclusive da sua própria existência e do mundo que o rodeava.
No entanto, Descartes encontrou algo que não poderia duvidar: da dúvida. De acordo com o pensamento do filósofo, ao duvidar de algo já estaria pensando e, por estar duvidando, logo pensando, estaria existindo. Descartes entendeu que ao duvidar, estava pensando, e por estar pensando, ele existia. Desta forma, a sua existência foi a primeira verdade irrefutável que ele encontrou.
Assim, Descartes publicou em seu livro “O Discurso do Método”, publicado em 1637, o resumo de seu pensamento na frase: je pense, donc je suis (publicação original em francês), que depois foi traduzida para o latim Ego cogito, ergo sum sive existo. Apesar disso, em latim esta frase é traduzida apenas como cogito ergo sum.
https://www.significados.com.br/penso-logo-existo/
                         E por assim dizer gostaria de refutar tal afirmação com a Palavra de Deus, que é nossa regra de fé, na qual nos embasamos para refutar tais atrocidades...

                     Por mais que pareça anormal, a pessoa pode até duvidar de sua existência, ou querer corroborar essa duvida com meios e forma de provar que realmente existe. Ai vai uma pergunta. Será que ele procurou alguma resposta na Palavra de Deus?
                     Será que passou por sua cabeça, que o existir aconteceu porque Alguém quis assim?
                    Em nossa mente isso não pode acontecer. Porque se eu não tenho certeza que existo, logo não creio N'Aquele que me criou!!!
                    Ai sim se torna um problema. Um problema de Fé em algo e não de existência...
Vejamos então:

Genesis 1:1 - No princípio criou Deus os céus e a terra.

Gênesis 1:21 - E Deus criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

Gênesis 1:27 - E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

Gênesis 5:1 - Este é o livro das gerações de Adão. No dia em que Deus criou o homem, à semelhança de Deus o fez.

Gênesis 5:2 - Homem e mulher os criou; e os abençoou e chamou o seu nome Adão, no dia em que foram criados

Deuteronômio 26:19 - Agora, pois, pergunta aos tempos passados, que te precederam desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra, desde uma extremidade do céu até à outra, se sucedeu jamais coisa tão grande como esta, ou se jamais se ouviu coisa como esta?

         Essas são algumas passagens que se referem a palavra - "criou", pode ser conferido na Biblia de João Ferreira de Almeida, Corrigida e Revisada Fiel.

         Sempre é mais fácil refutar, questionar, do que realmente aceitar e tentar compreender a existência de tudo. Mas tudo se resume a crer ou não crer. Não importa se na Palavra de Deus ou em um Big Bang, em algo tem que crer.
         Agora quando se entrega à fé, e se resolve de dentro para fora, crer se torna algo mais fácil de aceitar, e todas essas "dúvidas" se tornam fúteis em nosso entendimento.
         Fica estranho afirmar, "Penso, logo existo", e ainda utilizar o exemplo dos animais que não pensam. Será? Quem é que sabe? E as plantas então, simplesmente não existem porque não pensam?
         Talvez se jogarmos uma pedra na testa de alguém, não aconteça nada porque a pedra não pensa, logo ela não existe e não causará dano algum na pessoa.
          Como pode por exemplo um bala de revolver que não existe, atingir, ferir e até matar algo que existe como o homem? Pensar não torna algo existente, e sim diferente das demais coisas que também existem ao nosso redor.

Vejamos uma frase do apóstolo Paulo:
Romanos 7:21 - Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.
                      É claro que vão dizer que essa passagem não tem nada relacionado com o que estamos falando, porque querer é diferente de pensar... Mas eu penso que só quer aquele que pensa...
                      Pedras querem? Flores querem? Águas querem? Não!!! Estas coisas que não existem não pensam. Agora um animal quer comer, brincar, se aquecer? Como? Eles não pensam...
                     Quando Paulo disse a frase acima, será que ele esta dizendo que, de vez em quando ele existia? " Quando penso, quero", O pensar é algo que nos torna real ou algo que nos diferencia das demais criaturas existentes?

                     Eu afirmaria de outra forma essa frase, Existo, logo, posso pensar...

Graça e Paz...

Pr. Jeferson Luiz da Silva







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Graça e Paz!
Seja muito bem vindo, comente com moderação e respeito, o espaço está aberto para todos, evite palavras indecorosas e respeite a opinião dos demais comentaristas!!!